Quem Somos

A Educação Vicentina contempla três aspectos: é Escola, é católica e é vicentina. Em primeiro lugar define-se por aquilo que é e que se propõe a fazer: educar. Nesse âmbito comunica e desenvolve sua função social. Adjetivando essa premissa situa-se a confessionalidade, que lhe é própria e que singulariza a ação educativa empreendida. Comunicado em sua logomarca, o ser vicentino é dar as mãos, estudantes e educadores, comunidade educativa e sociedade, irmanados por um projeto comum que envolve valores, relações e aprendizados. A cor azul Royal simboliza a amplitude da missão da Educação Vicentina, acompanhada pela cor vermelha, símbolo do amor-caridade que move a presença e a ação da Comunidade Educativa Vicentina.

Conheça mais

Nossa História

Conheça mais

Proposta Pedagógica

A Pedagogia Progressista assumida pela Educação Vicentina visa a apropriação do conhecimento acumulado historicamente pela humanidade que, ao ser mediado pelo/a educador/a, promove a construção do conhecimento por meio de uma prática pedagógica competente e socialmente comprometida. A instituição educacional é vista como um local onde o conhecimento é sistematizado, socializado e mediado de forma não fragmentada, vinculado à realidade, proporcionando a ampliação das possibilidades culturais dos/as educandos/as. A ação pedagógica, por conseguinte, busca promover a prática de investigação, pesquisa, ensino e engajamento social, num processo criativo e dinâmico.

Conheça mais

Pastoral Escolar Vicentina

A Pastoral Escolar Vicentina (PEV) é o setor responsável pelo planejamento, articulação e dinamização da ação evangelizadora tendo como referência o carisma institucional. Tal dimensão é constitutiva do projeto educativo vicentino e tem como horizonte a proclamação do Reino de Deus, revelado por Jesus de Nazaré e intuído a partir da vida e obra dos Fundadores, Luísa de Marillac e Vicente de Paulo.

A PEV tem como missão ser um espaço de cuidado e acompanhamento, educação da fé e serviço evangélico à toda comunidade educativa, em diálogo propositivo com a realidade sociocultural e religiosa da escola. Em sintonia com o Projeto Político Pedagógico, a ação pastoral se dinamiza em nível local e provincial, tendo os/as pastoralistas e a Equipe Provincial para referenciais para o processo de reflexão, operacionalizado em torno de eixos formativos e programas de ação.

Conheça mais

Comissão de Educação

A Comissão Especializada de Educação da Província de Curitiba (CEEPaC) é a instância institucional responsável pelo articulação e acompanhamento dos processos educacionais das Instituições Educativas Vicentinas na Província de Curitiba. Vinte e três instituições presentes nos estados do Paraná (21) e Rio Grande do Sul (2) tornam presente e atuante o #JeitoVicentinoDeEducar. Dinamizada por uma equipe de trabalho e reflexão constituída por Irmãs e leigos, a Comissão tem como um de seus focos potencializar as iniciativas comuns como Educação Vicentina, em sintonia com as especificidades locais.

Conheça mais

Instituições Educativas

Conheça mais

Novo Ensino Médio

Construir trilhas é aprender dos caminhos já percorridos e ousar ampliar horizontes e percursos, tendo diante dos olhos a possibilidade de compartilhar aprendizagens significativas e transformadoras. Construir trilhas é assumir-se como sujeito aprendente em todos os momentos da vida, e fazer da escola um centro de irradiação desse aprender.

Conheça mais

14 de dezembro de 2023

5º Anos visitaram a RPC

Os estudantes do 5º ano EFAI realizaram passeios à emissora RPC como parte do componente curricular de Língua Portuguesa. O objetivo era trabalhar o gênero textual "notícia", permitindo que os alunos construíssem uma notícia para o site, com foco em questionar aspectos como como, quando, onde, por que e quem faz funcionar uma emissora.

Alguns estudantes compartilharam suas experiências. Ana Beatriz destacou a diferença entre assistir notícias na TV e estar dentro de uma emissora, aprendendo sobre a transmissão via satélite. Pietro enfatizou a importância de conhecer os bastidores, como a disposição das câmeras e microfones. Nivin e Gabriela apreciaram a oportunidade de aprender sobre a redação de um telejornal e ganharam um copo de brinde. A professora Monique Santos ressaltou a importância da prática para a compreensão dos alunos.

Os alunos agora têm um entendimento mais aprofundado do gênero notícia e sua produção, e a professora expressa a expectativa de mais passeios que vinculem teoria e prática. A vivência prática contribuiu para o enriquecimento do aprendizado, mostrando a relevância do conteúdo em situações reais e aproximando os alunos da compreensão do funcionamento de uma emissora.

Colégio Vicentino São José

Continue lendo